José Samuel Assunção Luz

Clound Computing na Educação

José Samuel A. Luz¹, Mateus P. de Santana¹, Arthur Bruno S. do Nascimento¹

¹Departamento de Ciências Exatas -

Universidade Federal da Paraíba (UFPB – Campus IV – Rio Tinto, PB – Brasil

jose.samuel@dce.ufpb.br, mateus.pereira@dce.ufpb.br, arthur.bruno@dce.ufpb.br

Resumo. Esse meta-artigo foi desenvolvido para a conclusão da disciplina de Metodologia Cientifica no curso de Ciências da Computação, e descreve um mapeamento sistemático que tem por finalidade identificar possíveis vantagens do uso das ferramentas da computação em nuvem como recurso didático no âmbito educacional. Apresenta um breve apanhado sobre a temática do Clound Computing enquanto recurso didático e contextualiza uma discussão tomando como embasamento principal as formas de colaboração deste recurso nas instituições de ensino, enfatizando suas vantagens no processo de aprendizagem.

1.Introdução

Com a necessidade da criação de um meio de comunicação de longa distância entre as bases militares durante a Guerra Fria, foi desenvolvido um novo método para que essa comunicação pudesse acontecer de forma rápida e segura, a internet. Mas foi só na década de 1990 que essa tecnologia começou a ganhar espaço no dia-a-dia da população em geral. Para facilitar o seu uso foram surgindo diversos serviços oferecidos na rede, entre eles, troca de mensagens e navegação em sites. Dada a crescente demanda da busca de informações na rede, propiciou condições para o surgimento de tecnologias onde não mais era necessário instalar ferramentas em suas máquinas, apenas ter acesso a internet para poder usar. O conceito de Clound Computing surgiu como uma visão de computação global, que definia a computação como uma utilidade pública. Atraídos pelos benefícios em redução dos custos e a simplificação em questão do pessoal de TI, nos últimos anos empresas começaram a aderir a troca do hardware por serviços em nuvem tendo em vista também a eficiência no mercado corporativo. Tais tecnologias podem então ser aproveitadas pelos ambientes de aprendizagem para impulsionar a teoria educacional, trazendo a realidade informatizada para dentro do novo contexto de educação.

2. Métodos

O artigo se deu a partir de um mapeamento sistemático (MS) realizado no intuito de mapear estudos primários na área do Clound Computing. A princípio foi definida uma string de busca: educação AND "recurso didático" AND "computação em nuvem", e o Google Acadêmico como fonte principal de pesquisa afim de responder as questões de pesquisas pré estabelecidas, questões essas que serão apresentadas no item seguinte, 2.1 deste trabalho. Concluído o protocolo de planejamento, e partindo para a fonte principal de pesquisas foram inicialmente retornados 14 (quatorze) trabalhos, aos quais passaram por um criterioso processo de inclusão e exclusão, sendo este, leitura de título e resumo. Dada a relevância do conteúdo e a temática da obra atendia as necessidades da pesquisa, o artigo era incluído no processo de mapeamento, resultando então em apenas 2 (dois) artigos: (I) A Computação em Nuvem Enquanto Recurso Didático nas Instituições de Ensino Superior Marreiro et al. (2017) e (II) A nuvem como recurso didático: relato de experiência, Gonçalves et al. (2017).

2.1 Questões de Pesquisa

Com o intuito de buscar embasamento teórico e cognitivo para realização do trabalho fez se necessário a resolução das seguintes perguntas:

(1) Como o armazenamento na nuvem pode ser benéfico para educação?

(2) Até que ponto o uso do Clound Computing pode melhorar o desempenho dos alunos? (3) A computação em nuvem é realmente um meio seguro para armazenamento de dados e improvável de causar possíveis danos as informações dos usuários de tal serviço?

3. Resultados e discussões

Frente a constante inovação dos recursos tecnológicos, as instituições de ensino vivem uma nova era. É valido ressaltar também que o uso dessa ferramenta pode tornar mais pática a elaboração de projetos e documentos colaborativos, pois há uma segurança no compartilhamento e armazenamento de arquivos com a devida segurança e praticidade na comunicação, aluno-professor.

A Computação em Nuvem pode auxiliar os professores não apenas no planejamento, mas também na organização, elaboração, aplicação e avaliação de diversas atividades com os alunos.

Uma forma de contribuição da computação em nuvem ao ensino, pode estar ligada a ideia dos professores ganharem agilidade ao lançar diretamente na rede a planilha de frequência e notas de seus alunos; compartilhamento de planos de aula entre os professores; aplicar aos estudantes testes online de revisão para as provas; deixar os pais informados sobre desempenho e frequência de seus filhos, que resulta em um melhor acompanhamento dos pais

Bastante acessíveis, os softwares que contam com a Cloud Computing em teoria agilizam o processo de ensino-aprendizagem, e ainda oferecem menos gastos com equipamentos, área de TI e materiais impressos. Isso porque os arquivos são sincronizados na nuvem. Portanto, não é preciso ter um armazenamento local. Com a aplicação da Cloud Computing na educação teoricamente tudo fica mais acessível, atraente e prático.

4. Considerações Finais

Com essa inovação tecnológica aplicada enquanto recurso didático os alunos podem ser protagonistas do conhecimento, lendo, buscando e usufruindo de suas próprias bagagens a partir da leitura dos materiais disponíveis na nuvem.

Segurança garantida para o compartilhamento de conteúdo: graças ao backup constante da nuvem, os arquivos são salvos automaticamente. Ou seja, o acesso sempre é seguro e mesmo que a conexão com a internet oscile, você não perde nenhum conteúdo que estava utilizando.

Mas é também importante consignar a dependência da computação em nuvem do acesso a internet. Para se transferir dados para a nuvem é necessário acesso a uma internet de qualidade. Diante desta problemática fica a dúvida. O que fazer quando a conexão cair? Algumas empresas já estão desenvolvendo softwares de sincronização on-line com off-line. De qualquer forma o futuro aponta para este caminho.

Referências

MARREIRO. et al. A Computação em Nuvem Enquanto Recurso Didático nas Instituições de Ensino Superior, 2017. <https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/180994>

GONÇALVES. et al. A nuvem como recurso didático: relato de experiência, 2017. <http://bia.ifpi.edu.br/jspui/handle/prefix/246>